8 hábitos ruins que destroem as suas finanças

8 hábitos ruins que destroem as suas finanças

8 hábitos ruins que destroem as suas finanças

Ter uma boa organização financeira vai muito além de ganhar mais do que gastar. Se organizar financeiramente é uma das principais metas de muitas pessoas, porém, há diversos fatores, costumes e hábitos que podem impedir esse objetivo. Os gastos superficiais são as principais causas de desorganização financeira, ocasionados por costumes prejudiciais.

Neste artigo, você vai conhecer 8 hábitos ruins que destroem as suas finanças. Hábitos que você deve deixar e como resultado, evitar maiores prejuízos, iniciar uma organização financeira e consequentemente alcançar a liberdade financeira mais rápido.

1° hábito – Não pagar você primeiro;

Isso mesmo, nós sempre nos deixamos por último. Pagamos aluguel, contas, comemos fora, compramos uma roupa ou algo assim e no final do mês se sobrar alguma coisa a gente “se paga” (reserva um dinheiro para o futuro). Você deve fazer o oposto, primeiro de tudo, reserve uma parte de tudo que você ganha para você. Não importa o valor, o importante é guardar 10% do seu salário, $100 ou até mesmo $50 para “te pagar” . Isso mesmo, como se fosse um salário. Use esse dinheiro para investir pensando no seu futuro.

2° hábito – Tentar ser compatível aos amigos que gastam muito;

Ter amigos é muito bom, gastar junto com eles é melhor ainda, mas se você tem uma amiga que só anda em restaurantes caros, viagens caras, lojas de roupas caras, etc. Você precisa falar para ela que você está com alguns objetivos financeiros no momento e que precisa salvar dinheiro. Não adianta esbanjar dinheiro tendo débitos e mais débitos. Quem você acha que tem mais dinheiro? Uma pessoa que vive em restaurantes caros, viagens e roupas de marca com dívidas enormes de cartão de crédito ou uma pessoa que vive uma vida confortável sem débitos de cartão de crédito e com o dinheiro em contas de investimentos? O dinheiro que vai para os excessos podem ir pra sua conta de investimentos e te dar oportunidade de ter todos esses luxos no futuro totalmente “debt free”. Se vocês forem amigas de verdade, ela vai entender suas prioridades no momento e continuar a amizade dentro das possibilidades. Não tenha vergonha de salvar dinheiro, você está pensando no seu futuro confortável e sem débitos.

8 hábitos ruins que destroem as suas finanças

3° hábito – Pagar tudo no cartão por causa das milhas;

Não me entenda mal, os rewards dos cartões são uma maravilha. Eu sempre ganho dinheiro de volta com os rewards do meu cartão. Já paguei viagens com milhas e muito mais. Mas esse é um recurso que precisa ser usado com sabedoria, ou pode acabar levando seu dinheiro pelo ralo. Sabe quando a gente vai na loja e quer comprar um produto, talvez no momento a gente nem precise, mas decide comprar porque o cartão vai te retornar em milhas? Pois é, isso é um perigo. Utilizar os rewards como desculpa pra gastar mais vai acabar drenando as suas finanças e os créditos que você recebe de volta não farão diferença, pois os gastos aumentaram. Use o seu cartão apenas para compras necessárias e não deixe acumular. Passe todas as compras essenciais no cartão para acumular milhas, mas imediatamente pague o cartão de crédito. Coloque no crédito, mas só gaste o que você tem dinheiro para pagar no débito.  No artigo Melhorando o seu Crédito em Orlando eu falo qual a minha estratégia para usar o cartão de crédito de maneira mais segura e ainda aumentar o seu crédito.

4° hábito – Não organizar as suas finanças;

Você sabe para onde está indo o seu dinheiro? Você sabe exatamente quanto você ganha? E quanto você gasta? E quanto gasta com roupas, sapatos, jantares, café? Ter uma planilha com todos os seus gastos e ganhos diário é muito importante, pois te dá uma visão ampla de onde você pode cortar gastos desnecessários e utilizar esse dinheiro para investir. Aqui em casa a gente coloca na planilha, até o chiclete que compramos na vendinha. Você vai se surpreender com tanto dinheiro que você pode economizar depois que colocar tudo na planilha. Se você quiser, pode usar a minha planilha. Clique aqui para salvá-la.

5° hábito – Ficar confortável com os seus débitos;

Você deve mais de 10.000 no cartão de crédito, um financiamento estudantil, carro financiado, casa financiada e ainda está pensando em fazer um empréstimo pra cobrir alguma despesa extra ou abrir um cartão de crédito na Best Buy pra parcelar aquela TV que você tanto quer? Isso é um perigo! Você precisa ficar desconfortável com os débitos. Não faça nenhum débito que não seja estritamente necessário e faça o possível pra quitar seus débitos o mais rápido possível. Negocie uma maneira de quitar mais rápido ou refinanciar para diminuir os juros e assim diminuir o valor total que você vai pagar no final. Existem débitos que podem ser tirados da sua vida, faça um esforço e em breve você verá que é possível viver com as finanças em dia.

6° hábito – Pagar mais caro por falta de planejamento;

Planejamento é primordial em todas as áreas, muitas vezes quando deixamos de planeja acabamos pagando a conta mais alta. Quando você faz uma viagem por exemplo, esquece de pegar alguns itens importantes, acaba precisando comprar itens que você já tinha em casa e em um local turístico que geralmente é mais caro. Ter que comprar café na rua porque não acordou com tempo suficiente pra fazer seu café em casa antes de sair.

Se programe com tempo para fazer tudo o que precisa. Prepare a mala e faça um check list de todos os itens. Essa falta de planejamento faz com que a gente pague mais caro por coisas de última hora. Outro exemplo é comprar por impulso sem um planejamento estratégico antecipado. Não compre um carro novo só porque a loja vai financiar de maneira que vai caber no seu bolso, sem ter a real necessidade de um carro novo no momento. As prestações desse carro novo, podem ir pra sua conta de investimentos e ao final de 5 ou 10 anos, você pode ter ganhando, somente em juros do investimento, o valor de comprar o 1 carro e ainda sobrar.

7° hábito – Pagar muito em impostos;

Existem várias maneiras de economizar nos impostos. As opções são maiores para grandes milionários, mas também há algumas opções para que a gente economize nos impostos. Não estou falando em sonegação e sim em conhecer as leis, de maneira que você utilize ela a seu favor, para diminuir o valor a ser pago em impostos. Por exemplo, digamos que você tenha um empregador que oferece 401 (k), você contribui antes dos impostos, isso já reduz automaticamente o seu rendimento tributável e se você tem renda baixa ou média, pode obter uma redução de impostos ainda maior contribuindo para um IRA tradicional e fazendo uma dedução de impostos do valor contribuído ao preencher suas declarações de impostos. Sua renda tributável será diminuída pelo valor que você contribui para seu IRA. Sempre que você contratar um contador, converse com ele sobre as opções para pagar menos impostos. Ao abrir uma empresa é a mesma coisa, tem tipos de taxações diferentes para cada tipo de empresa que podem fazer você pagar menos impostos, tudo DENTRO DA LEI.

8 hábitos ruins que destroem as suas finanças

8° hábito – Esperar para investir;

De todos os hábitos listados neste artigo, este foi o que eu parei de fazer recentemente. Esperei demais para começar a investir. Deixava o meu dinheiro que sobrava na poupança, ou gastava o meu salário com viagens e outras coisas para mim. As vezes eu fico pensando, como seria a minha vida financeira se eu tivesse iniciado os meus investimentos com 18 anos de idade? A boa notícia é que nunca é tarde para começar a investir, quanto mais cedo melhor. Por isso nós precisamos incentivar os nossos filhos a investirem o dinheiro deles desde cedo. na nossa cultura brasileira isso não é muito comum (infelizmente), mas aqui nos Estados Unidos mais de 50% dos americanos tem seu dinheiro em algum tipo de investimento, seja ações na bolsa, seja fundos de investimento imobiliários ou 401K (que consequentemente investe na bolsa).

9° hábito – Bonus: Não criar novas fontes de renda

Sabe aquela história de não colocar todos os ovos na mesma cesta? Pois é, não criar novas fontes de renda pode ser muito ruim para as suas finanças. Neste período de quarentena muita gente percebeu a necessidade de ter outra fonte de renda na prática. Muitos perderam seus empregos da noite pro dia e tiveram que buscar novas fontes de renda do nada. Não fique confortável com a renda que você já tem busque maneiras de diversificar seus rendimentos para não se preocupar com imprevistos no futuro.

Vamos mudar de vida agora mesmo?

Espero que este artigo lhe ajude de alguma maneira a mudar a sua vida financeira. Caso você queira compartilhar outros hábitos que não são saudáveis para a vida financeira, por favor comente abaixo para ajudar mais pessoas.

 

1 nova fonte de renda online sem investimento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *