9 dicas pós pandemia para ter uma gravidez saudável

9 dicas pós pandemia para ter uma gravidez saudável

9 dicas pós pandemia para ter uma gravidez saudável

(Por Sill Mariano)

“Toda mãe quer o melhor para o seu filho”.

A frase pode até ser clichê mas é uma grande VERDADE. É muito raro encontrar uma mãe que não faça o possível (e às vezes até o impossível) para garantir a saúde, o bem estar e felicidade de um filho. E isso geralmente começa no momento em que a mulher descobre que está grávida.

A descoberta da gravidez (ou a fase de preparação para uma gravidez), nos faz ficar mais atentas à nossa própria saúde, hábitos e buscar cada vez mais informações para que possamos oferecer o melhor para o bebê que está chegando.

Se você está pensando em engravidar em breve, ou se está gravida, é muito provável que já conheça os princípios básicos para ter uma gravidez saudável:  não beber, não fumar e descansar o suficiente são apenas algumas das recomendações.

Você já deve saber que o melhor para o seu bebê é o que é melhor para VOCÊ.

Então, pensando em ter uma GRAVIDEZ SAUDÁVEL, preparei 9 DICAS para cuidar da sua saúde e do seu bebê durante a gestação. Confira abaixo!

 

  1. EXERCITE-SE

 

Você já deve conhecer os benefícios do exercício físico para a sua saúde, para manter o tônus muscular, evitar e aliviar dores musculares e articulares.

Mas você sabia que praticar exercícios físicos durante a gravidez pode diminuir as chances de um parto prematuro?? Sabia que pode também diminuir as chances da mamãe de desenvolver uma depressão pós parto??

E além disso estudos recentes comprovaram que praticar exercícios físicos durante a gravidez tem efeitos no desenvolvimento motor do bebê!! Incrível, não é mesmo?

 

  1. EVITE O GANHO EXCESSIVO DE PESO

 

Não existe uma regra ou número mágico em relação a quantos quilos uma mulher deve aumentar durante a gestação. Isso é individual e depende de diversos fatores. Um deles (e o mais utilizado pelos médicos) é o índice de massa corporal (IMC) antes de engravidar.

É importante controlar o ganho excessivo de peso não apenas por questões estéticas mas principalmente pensando na saúde da mãe e do bebê.

 

O ganho excessivo de peso, deixa as grávidas mais propensas a problemas como: varizes, distúrbios do sono, incontinência urinária, dor nas articulações, dificuldades de digestão, hemorroidas e azia. O peso a mais também exerce uma pressão suplementar no organismo, dificultando a circulação sanguínea e linfática o que agrava sintomas como o inchaço, retenção de líquidos, dor nas costas e nas pernas, entre outros.

Além disso, o ganho excessivo de peso durante a gestação também está associado ao aumento do risco de um parto prematuro.

 

  1. EVITE NÃO GANHAR PESO SUFICIENTE

 

Assim como o excesso de peso, não ganhar peso suficiente e uma alimentação pobre em nutrientes também pode colocar a saúde da mãe e do o bebê em risco. A maior preocupação nesse caso é do bebê nascer com baixo peso, que é uma das principais causas de problemas de desenvolvimento.

 

  1. BEBA ÁGUA

 

Já sabemos o quanto é importante beber água, mas nunca é demais relembrar, afinal nosso corpo é composto em grande parte por água. Portanto, quanto mais água beber melhor se vai sentir.

Curiosamente, beber muita água ajuda a prevenir a retenção de líquidos e o inchaço, melhora o funcionamento do intestino e mantém o seu cérebro, a pele e todos os órgãos devidamente hidratados, assim como facilita as trocas de nutrientes com o seu bebê.

 

  1. BEBER E FUMAR

 

No inicio do artigo, já falamos sobre os cuidados básicos e NÃO fumar ou beber estão no topo da lista.

 

Aqui estão os motivos pelos quais essas praticas estão proibidas durante a gestação: aumentam o risco de aborto, complicações na gravidez; parto prematuro; baixo peso ao nascer;

síndrome da morte súbita do bebê e problemas de saúde a longo prazo em seu filho.

 

  1. CUIDE DO SEU CORPO, MAS TAMBÉM CUIDE DA SUA MENTE

 

Durante a gestação o nosso físico passa por diversas mudanças, e sabendo disso, ficamos atentas para cuidar ainda melhor do nosso corpo, mas é importante lembrar que durante a gestação podem ocorrer alterações de humor (muitas vezes decorrentes de ação hormonal), aumento da ansiedade e do estresse por conta de todas as mudanças e da nova fase de vida que está se iniciando.

Por isso, se sentir necessidade, procure uma terapeuta ou psicóloga para te ajudar a passar por essa fase com mais tranquilidade. Yoga e meditação também são excelentes alternativas.

 

  1. CUIDE BEM DO SEU ASSOALHO PÉLVICO E MÚSCULOS DO CORE

 

Esses dois grandes grupos musculares sustentam grande parte da sobrecarga gerada pelo aumento do peso na região abdominal por conta da gestação. Manter esses músculos fortes e saudáveis durante a gestação vai te ajudar a ter menos desconfortos durante a gravidez, evitar a tão temida diástase patológica e a “recuperar” mais rapidamente o seu físico após a gestação.

 

  1. INFORME-SE

 

Informação é poder e tranquilidade. Se você chegou até aqui nessa leitura, é sinal de que você já esta fazendo isso e está de parabéns! Estar informada vai te permitir saber melhor como conduzir as situações e tomar melhores decisões em relação à sua saúde e a do seu bebê.

 

  1. PEÇA OU ACEITE AJUDA

 

Você NÃO PRECISA dar conta de TUDO a todo o momento.

Lembre-se que você está gerando uma vida, seu corpo está “trabalhando duro” nessa função tão especial. Continue fazendo o seu melhor, mas quando precisar, permita-se também ser cuidada. Respeite os seus limites e, a todo o momento, escute o seu corpo e atenda as suas necessidades.

 

 

Grávida nos Estados Unidos, e agora?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *